• Dicas de Poupança

As 9 principais Dicas para perder peso

O termo vida saudável, nunca esteve tão presente nas nossas vidas. Todos desejam conquistar um modo de vida mais saudável para si e para os que amam.


E tudo começa com os primeiros anos de vida. Não só para o bebé mas para toda a família, que se deveria envolver em hábitos ditos "saudáveis", quer no que diz respeito ao combate ao sedentarismo como em relação à alimentação. Dizem os especialistas que os primeiros anos de vida são vitais. Diana e Silva, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Porto afirma que a criança quando é inserida numa dieta familiar vai rapidamente adquirir quase por osmose todos os erros alimentares que o pai e a mãe cometem.


Naturalmente, esta situação tende a agravar-se com a adolescência e a escola acaba por desempenhar um papel vital na própria educação alimentar dos jovens adolescentes. A idade adulta vem consubstanciar a fase final deste processo, com vários maus hábitos enraizados. Todos os intervenientes no processo devem estar alinhados para que os resultados sejam substancialmente diferentes, caso contrário, o trabalho dos técnicos é infrutífero.


A importância de perder peso


Emagrecer (perder peso) de uma forma saudável não é demagogia, e sim um importante objetivo, não só para a melhoria da autoestima, mas sobretudo porque permite reduzir o risco de desenvolver inúmeras patologias (doenças).


Para se dar início a um processo de emagrecimento é importante compreender o que está na origem do excesso de peso. Após esse passo essencial, definem-se estratégias que visem perda de peso sustentada.

Porque é que se engorda?

Um dos principais motivos que está na base do aumento de peso, resulta de um aumento da massa gorda.

Basicamente, o aumento de peso resulta de uma fórmula matemática, e que se resume a uma ingestão de calorias superior aquelas que se gasta. Essas calorias que o organismo não consegue processar, vão-se acumulando e armazenando sob a forma de gordura no nosso corpo.

Assim, que se diga com frequência que a principal forma de perder peso, seja por via da atividade física, e por uma reeducação alimentar, com a ingestão de um menor número de calorias. O que será necessário para ir reduzindo gradualmente o peso, será consumir mais calorias do que aquelas que ingere, de forma saudável.

Obesidade e risco de doenças

Há vários anos que vários estudos e vários especialistas nos têm vindo a advertir dos riscos para a saúde do excesso de peso. Entre elas, encontramos doenças cardiovasculares, cancro e diabetes. Perder peso não significa, assim, apenas diminuir um tamanho ou dois na roupa que se veste.


Apesar de ser bom para a autoestima, perder peso é uma questão essencial para a nossa saúde.

Sabe-se que muitas doenças relacionam-se, direta ou indiretamente, com a obesidade. Por exemplo, as doenças cardiovasculares, a diabetes tipo 2 e as doenças osteoarticulares talvez sejam as mais populares, no entanto, sabe-se, por exemplo, que a obesidade aumenta significativamente o risco de vários tipos de cancro (esófago, intestino, mama).

A depressão e a estigmatização (principalmente nas mulheres) são também, muitas vezes, desencadeadas pelo excesso de peso.


A perda de peso, deve ser feita de forma saudável, e assim, ser sustentável ao longo do tempo. Devemos evitar em dietas "loucas" que prometem resultados "milagrosos", e que podem ser prejudicais para a nossa saúde.

E como emagrecer de forma saudável?

Em primeiro lugar, importa referir que a dieta é aquilo que cada um de nós ingere. Quando se fala em dieta, não nos estamos a referir em passar fome. Assim, a dieta (regime alimentar) deve privilegiar a perda de peso (ingerindo menos e melhores calorias). Fala-se de uma reeducação alimentar, ou seja, aprender a alimentar-se de forma mais inteligente. Isto, aliado à prática de exercício físico regular.

Existem várias medidas extremas, que consistem em cortar um ou outro grupo alimentar específicos, como por exemplo, cortar os hidratos de carbono ou cortas as gorduras. São regimes muito restritos e que podem trazer vários malefícios para a saúde, ao se basearem em carências nutricionais muito severas.

Efetivamente, para que a perda de peso se dê, é fulcral que exista um défice calórico, ou seja, que gaste diariamente mais calorias do que aquelas que ingere. E isto deverá ser feito de uma forma continua e sustentável.

De entre os três nutrientes existentes: proteínas, hidratos de carbono e lípidos (gorduras), deverá haver um consumo diário equilibrado, de acordo com as suas necessidade nutricionais. Estas variam de pessoa para pessoa e dependem de vários parâmetros tais como: idade, género, atividade física, fase do ciclo de vida, história clínica, assim como dos objetivos individuais.

As 9 principais Dicas para perder peso

Deixamos algumas estratégias que poderá colocar em prática, com vista a perder peso de forma saudável:

  1. Planear as refeições - Uma das melhores ideias para evitar comer o que não quer é planear. Sugerimos que faça uma lista com as refeições que irá consumir durante a semana. Isto irá permitir que planeie criteriosamente o que come e evitar consumir o que não lhe fará tão bem. A sua carteira também irá notar;

  2. Consumir fibra, vitaminas e minerais - Além de variar a alimentação, experimente novas formas de confecionar os alimentos. As fibras, as vitaminas e os minerais, são essenciais;

  3. Escolha proteínas saudáveis - Opte por proteínas de baixa gordura. As chamadas carnes magras, peixes, ovos...vitais para manter a massa muscular e a saciedade;

  4. Hidratos de carbono integrais - Escolha hidratos de carbono de boa qualidade e de preferência integrais, como, arroz integral e aveia integral. São mais saudáveis, ricos em fibra e com maiores índices de saciabilidade;

  5. Cuidado com a gordura - Privilegie fontes de gordura saudáveis, como por exemplo o azeite e os frutos secos;

  6. Insira água - Beba entre 1,5 a 2 litros de água por dia. Também pode beber alguma água aromatizada, ou chás e infusões, sempre sem açucares adicionados;

  7. Seja rigoroso com as refeições - Estabelecer horários para as refeições é fundamental na hora de perder peso. Fazer as refeições em frente da televisão ou a mexer no telemóvel, são fatores de distração que podem levar a um maior consumo;

  8. Controle o stress e a ansiedade - Fatores como o stress e a ansiedade podem levar a um aumento do consumo de alimentos menos saudáveis. Porque o cérebro associa-os a uma fonte de escape;

  9. Pratique atividade física - Praticar exercício físico ajuda no controle do peso, é benéfico para a saúde e ajuda no controle do stress.

Acompanhe o Dicas de Poupança que regularmente disponibilizamos novos conteúdos.

21 visualizações0 comentário