• Dicas de Poupança

Dia Internacional do Cigano


No dia 8 de abril, celebra-se o Dia Internacional do Cigano.


A data tem o intuito de celebrar a cultura e a história do povo cigano, no sentido de lutar contra o preconceito e a descriminação, promovendo o seu reconhecimento.


Um pouco por todo o mundo, realizam-se atividades alusivas à cultura cigana e que visam divulgar a sua expressão pelo mundo. Entre elas, destacam-se as exposições de fotografia sobre a cultura cigana e tertúlias sobre a sua integração.


A data foi institucionalizada pela ONU em 1971, data em que se realizou o primeiro encontro internacional de ciganos em Orpingtion, nas redondezas de Londres. E desde então que se celebra esta data.


A história do povo cigano é ainda hoje objeto de controvérsia. Existem várias razões que explicam a obscuridade que envolve este assunto. Em primeiro lugar, a cultura cigana é fundamentalmente ágrafa (aquela que não desenvolveu por si mesma um sistema próprio de escritura) e despreocupada pela sua história, de maneira que não foram conservados por escrito a sua procedência. Além de que a sua história foi estudada sempre pelos não ciganos, com frequência através de um cariz fortemente etnocentrista.


Na Europa, os ciganos representam a maior minoria étnica, sendo ao mesmo tempo aquela que é mais discriminada, nomeadamente ao nível das dificuldades no acesso a educação, a habitação, a trabalho, ou mesmo a serviços básicos de saúde.


Não querendo entrar em estereótipos, existem alguns traços marcantes da cultura cigana, tais como, as roupas coloridas, a fala rápida, e a música e dança animadas. Além disso, um profundo sentido de união e um estilo de vida nómada, são aspetos marcantes deste povo.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo