• Dicas de Poupança

Seguro de saúde ou plano de saúde: qual escolher?

Atualizado: Abr 5

Atualmente é recorrente ouvirmos falar em Seguros de Saúde e outras vezes ouvimos o termo Plano de Saúde. Dada a situação precária da sistema público de saúde, com os sucessivos adiamentos de consultas ou as longas esperas na porta de um hospital ou do centro de saúde, não é de estranhar que cada vez mais portugueses procurem por esta alternativa. E sabe qual a diferença entre um Seguro de Saúde e um Plano de Saúde?

Seguro de saúde

Relativamente a um Seguro de Saúde, existe um vínculo contratual entre a seguradora e o segurado, em que a primeira aceita o risco e a indeminização de eventuais "acidentes" que possam vir a ocorrer com o segurado.


Estamos a falar de um serviço muito completo e que pode abranger diversas coberturas, de acordo com as necessidades de cada um. É indicado para quem quer estar mais protegido e salvaguardado face a um eventual episódio de saúde. Acaba por agregar também o Plano de Saúde, ao permitir o acesso a uma rede de prestadores de cuidados de saúde, como poderá também permitir o acesso a hospitalização, a ambulatório, a determinado tipo de tratamento ou mesmo a assistência em caso de doenças graves. Estas coberturas, dependerá naturalmente do tipo de coberturas contratadas pelo segurado.


Plano de saúde

Esta é uma alternativa menos abrangente, permitindo o acesso a uma rede de prestadores de serviços de saúde, nomeadamente consultas médicas, com valores mais acessíveis. Mediante o pagamento de uma mensalidade, o segurado tem acesso a atendimento médico-hospitalar dentro da rede de prestadores convencionada pela seguradora, a preços convencionados.


Neste caso, um Plano de Saúde representa uma rede de descontos em cuidados de saúde. Não tem a abrangência do Seguro de Saúde, só que por outro lado, dispensa uma série de condicionantes, a que o Seguro de Saúde poderá estar sujeito, como períodos de carência ou limite de idades.


Qual escolher?

Naturalmente, não há uma resposta universal para todos. Essa opção dependerá das necessidades e dos objetivos de cada um. Além disso, também não nos poderemos esquecer que o Seguro de Saúde tende a ser mais caro do que o Plano de Saúde.


Caso o objetivo seja aceder apenas a consultas e alguns cuidados de saúde com um preço controlado possivelmente o Plano de Saúde seja o mais indicado. Já se o objetivo é beneficiar de um serviço mais completo, que inclua hospitalização ou que garanta assistência em situações especificas, como por exemplo o parto, um Seguro de Saúde poderá ser a opção mais indicada.


Deve ponderar bem quais os seus objetivos e quais as suas necessidades. Responder a algumas questões poderá ajudar nessa escolha. Questões como: “tenho filhos ou pretendo ter?”, “preciso de estar protegido contra uma emergência?” ou “qual o orçamento disponível?”.


Analisando as suas respostas, deverá ser mais fácil fazer uma escolha fundamentada. Consultar um especialista na área também poderá ajudar. Bem como fazer uma simulação e perceber quanto lhe irá custar e o que irá ficar coberto.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo